Em novembro de 1995, o instituto obteve o 1º Prémio de Documentário do Festival Nacional de Vídeo de Viana do Castelo com o trabalho “E o Santo é nosso”.